26 abril 2012

Zé de tonha esquente para o São João 2012


Ontem dia 25.04.2012 fui ver os brothers da banda Zé de Tonha tocar na Cabana do Camarão, estava com saudades do som deles, fiz este vídeo só para postar aqui no blog, segundo Super Tom o cantor, início de maio tem CD novo, uebaaa... assim que sair postarei aqui no blog :)
  


video

25 abril 2012

Trio Araripe


Mais um cd com o músicas deliciosas que não pode faltar no repertório de forrozeiro de respeito.





01 – Chacutuba – (Humberto Teixeira)
02 – Forró no Canto Da Ema – (Cicinho Alves)
03 – A sorte é Cega – (Luiz Guimarães)
04 – O Fole Roncou – (Nelson Valença – Luiz Gonzaga)
05 – Por Debaixo dos Panos – (Cecéu)
06 – Forró de Tamanco – (Antônio Barros)
07 – Sou o Estopim – (Antônio Barros)
08 – Forró Pesado – (Assisão – Lindú)
09 – Daquele Jeito – (Luiz Ramalho – Luiz Gonzaga)
10 – Sina de Cigarra – (Jackson do Pandeiro – Delmiro Ramos)
11 – No Meio das Meninas – (Lindú)
12 – Vamos Xamegar – (Dilson Dória – Elino Julião)
13 – A Morte Do Vaqueiro – (Luiz Gonzaga – Nelson Barbalho)
14 – Depois da Derradeira – (Dominguinhos – Fausto Nilo)
15 – Duvidoso – (Cicinho Alves)

24 abril 2012

Trio Araripe canta Luiz Gonzaga ao vivo 2002

Já começo a sentir aquele clima gostoso do nosso querido São João, a melhor festa popular do mundo, na minha opinião é lógico.

E como todo meio de ano costumamos lembrar de um certo Rei do Baião, irei postar um showzinho muito bom, onde é possível escutar o machucado da zabumba e viajar para um salão bem escurinho, quentinho e cheio de pessoas afim de dançar o mais delicioso forró pé de serra.

Ai vai Trio Araripe Canta Luiz Gonzaga, som que não pode faltar em momento nenhum. Parabéns ao Trio Araripe.





01 – Apresentação
02 – Pot pourri: Vozes da seca (Luiz Gonzaga – Zé Dantas) Hora do adeus (Luiz Queiroga – Onildo Almeida) Sanfona sentida (Dominguinhos – Anastácia) Asa branca (Luiz Gonzaga – Humberto Teixeira)
03 – Pot pourri: Nos cafundó de Bodocó (Jurandy da Feira) Viola de Penedo (Luiz Bandeira) Forró de Zé Buchudo (Severino Ramos – Helena Gonzaga)
04 – Pot pourri: Sanfona do povo (Luiz Gonzaga – Helena Gonzaga) Já era tempo (Luiz Gonzaga – João Silva) Faça isso não (João Silva – Geraldo Nunes) Nessa estrada da vida (Valdir Geraldo – Aparecido José)
05 – Pot pourri: Maracatú eta (João Silva – J.B. de Aquino) Forró do bole-bole (João Silva – Raimundo Evangelista) Resto de amor (Cecéu) Forró no claro (Antonio Barros)
06 – Pot pourri: Xote das meninas (Luiz Gonzaga – Zé Dantas) Pisa na fulô (João do Vale – Ernesto Pires – Silveira Jr.) Cintura fina (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
07 – Pot pourri: Cocotá (Luiz Guimarães – Helena Gonzaga) Buraco de tatu (Jardyr Ambrósio – Jair Silva) Tamborete de forró (Artulho Reis) Balance eu (Nestor de Holanda – Luiz Gonzaga)
08 – Pot pourri: Onde está você (Zezum) É só você querer (Nando Cordel) Meu cenário (Petrúcio Amorim) Você fica muito mais bonita (Chico Xavier – Nem) O nosso amor morreu (Parafuso – Zé Pacheco)
09 – Pot pourri: Baião da garoa (Hervé Cordovil – Luiz Gonzaga) Baião (Luiz Gonzaga – Humberto Teixeira)
Viva o Arigó (Geraldo Nunes) Calango da lacraia (Luiz Gonzaga – J. Portela) Derramaro o gai (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
10 – Pot pourri instrumental: Fim de festa (Zito Borborema – Luiz Gonzaga) Polca fogueteira (Luiz Gonzaga) Lascando o cano (Luiz Gonzaga – Zé Dantas) Pagode russo (Luiz Gonzaga) Fogueira de São João (Luiz Gonzaga – C. Albuquerque) Olha pro céu (José Fernandes – Luiz Gonzaga)